Teatro LGBT: Silvetty Montilla estreia “O Nome dela é Valdemar”

0
112

Siga também Twitter e Facebook


Silvetty Montilla, uma das transformistas mais conhecidas do Brasil, estreia peça “O nome dela é Valdemar”, escrito por Aziz Bajur e com direção de Eduardo Moreno.

Sinopse:

Em um apartamento no centro de São Paulo mora VALDEMAR (Silvetty Montilla), nome de batismo, que é apenas do conhecimento da família, para todos os outros ele é ela, ‘DéSIRée’, uma famosa e bem sucedida Vedete. Com ela também vivem MÁRCIO (Raphael Fallcão), seu namorado e sua empregada GIGI (Marcello Iazzetti).

Valdemar é natural de uma pequena cidade do interior de Minas Gerais, fruto de uma tradicional família, que jamais soube de sua vida dupla, mas a chegada de um primo, DESIDÉRIO (Marcos Paulo Moreira) pode botar tudo a perder. Desidério vem a mando dos pais trazendo uma herança para Valdemar, e quer aproveitar a oportunidade para aprender a ser homem com o primo que tem fama de machão.

Para não ser descoberta, ‘Désirée’ tenta enganar o caipira que acaba revelando segredos de sua antiga vida, deixando a personagem à mercê de sua maldosa empregada. Muitas confusões acontecem, e a chegada de sua Tia Finoca (Delurdes Moraes), uma senhora carola e quase cega, só piora tudo, provocando as mais diversas, insólitas e hilárias situações.

SERVIÇO

Teatro Brigadeiro
Av. Brigadeiro Luís Antônio, 884 – Bela Vista
Tel.: (11) 3115-2637
Sábados às 21h
Estreia 28 de julho
Duração: 80 minutos
Classificação indicativa: 14 anos