.......... PUBLICIDADE. VÍDEO NOVO. ASSISTA!:

GRATUITO:

..........

Se você colocar na balança e fazer uma comparação, você teve ou tem um ou dois melhores amigos por uma vida toda? Se resposta for sim, talvez você não seja antissocial e sim um gênio!

Afinal, manter as amizades não é tarefa muito fácil. Pior ainda quando começamos a namorar ou iniciamos uma faculdade ou trabalho, precisamos dar mais dedicação e a amizade fica um pouco abalada.

Em todo o caso, com o avanço das redes sociais é comum as pessoas postarem fotos com muitos amigos, seja na empresa, festas, happy hours, baladas e afins. E você, talvez, fique pensando que só você tem poucos amigos comparando-se a estas publicações.

Claro que há pessoas que realmente tem muitos amigos, é super sociável e não se vê fora de grupos.

O que poucos sabiam, na verdade, é que o inverso não é bem assim. Nem sempre pessoas com poucos amigos são antissociais ou solitárias. Segundo um artigo no The Washington Post, a pesquisadora Carol Graham do Instituto Brookings, disse que “As descobertas sugerem que aqueles com mais inteligência e capacidade de usá-la… são menos prováveis a passarem tanto tempo socializando, porque estão focados em algum outro objetivo de longo prazo.”

O que ela tentou dizer com isso? Que se você tem poucos amigos e se conecta fácil com as pessoas, mas acha complicado a manutenção destes laços, pois você acredita que as pessoas acabam desperdiçando muito tempo se socializando sendo que elas poderiam se focar em outras coisas, você não é antissocial e nem solitária como muitos pensavam. Simplesmente, ao invés de usar seu tempo para se socializar, você prefere investir esse mesmo tempo para atingir seus objetivos!

Você gosta de pessoas, mas você sabe que socializar demais começam a aparecer fofocas e outras barreiras criadas por estes laços. E é por isso que você tenta evitá-las a todo o custo.

Para complementar isso, segundo um estudo do British Journal of Psychology, ele deixa claro que pessoas inteligentes agem melhor com menos amigos:

“Pessoas mais inteligentes experimentam menor satisfação com a vida com socialização mais frequente”, diz o estudo. Em outras palavras, o excesso de interação social prejudica a conquista de outros objetivos que, caso você optasse pela socialização (igual aos outros), isso afetaria negativamente sua satisfação com sua própria vida.

Finalizando, se você tem poucos amigos e se identifica com algumas características acima, não imagine que há algo de errado com você, você apenas optou por socializar menos e focar em outras coisas! E terá muito mais conteúdo para compartilhar com seus amigos mais íntimos.

Certo?

Aproveita, compartilha e me segue no Insta http://instagram.com/fabricioviana.sp

Até uma próxima!

PUBLICIDADE:


POLÊMICO. ASSISTA MEU VÍDEO:



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.