Ator Tarso Brant exibe com orgulho seu novo documento de identidade como homem trans

0
392

Siga também Twitter e Facebook


Publicado originalmente aqui.

Como sabemos, não é nada fácil se perceber uma pessoa transexual neste mundo em que vivemos. A luta é sempre da gente, com a gente mesmo. Olhar no espelho e ver que somos do sexo oposto ao que sentimos, é algo realmente absurdo. Por isso, a maioria das pessoas transexuais sonham em readequar seu corpo: para que ele fique exatamente com o que condiz com sua mente.

Agora, imagina você ter todo um esforço e, mesmo conseguindo mudar fisicamente, ainda ter problemas em aeroportos e outros lugares por conta do seu documento? Você aparenta ser de um gênero e seu nome, no documento, é de outro? Complicado, não?

Justamente por isso, quando transexuais conseguem mudar seus documentos, a felicidade é imensa. E isso aconteceu recentemente com o ator Tarso Brant. Tarso, homem trans, nasceu com o nome de Tereza Brant e, até algumas entrevistas recentes, disse que não trocaria seu nome para algo masculino. O que, de fato, é gosto e pode-se mudar com o tempo. Afinal, já que tem a possibilidade de sermos completos (em todos os sentidos), devemos!

E foi isso o que ele fez. A felicidade do rapaz foi tão grande que ele publicou seu novo documento de identidade com seu nome masculino em seu Instagram (e também o texto completo que ele escreveu lá), confira:

Escrevi esse texto hà algum tempo atrás e gostaria de compartilha-lo com vocês junto com mais essa conquista pessoal. Minha nova carteira de identidade. Ja me despedi da antiga faz algum tempo, mas è com muito carinho que compartilho com vocês o exato momento e a forma que pude sentir isso. (05/03/2017) Hoje reconheço que a Tereza não só fez parte de mim, como veio para me ensinar a ser um homem melhor, já não me incomodo mais, e percebo que a única forma de deixa-la ir seria compreendendo- a totalmente, sentindo o que antes ela sentia como parte “desconhecida”, agora já conhecida tendo que reviver novamente os fatos sob um outro olhar, compreendendo de uma nova forma… sendo uma outra pessoa: Seu oposto, que não deixa de ser Eu em busca de vivenciar minha completude de estado. Sendo o que realmente sou, como um ciclo: ela iniciou, eu termino. Ela me encontrou, agora está na hora de partir… preciso deixa-la ir, me expressando da melhor maneira. Nada mais justo que contar sua historia, transforma- la nas minhas mais belas palavras em forma de agradecimento por ter me dado o bem que para ela era mais precioso, a vida. -Ei doce menina Não quero que se vá assim, tão repentina Também não quero ser rude em despeja-la em qualquer esquina Você merece carinho e compreensão, como toda boa menina no colo de seu irmão Não quero que fiques triste por pensar que de mim não faz mais parte Você sempre vai estar, guardada onde ninguém vai te tirar No fundo Do meu mais puro olhar. -tarsobrant

Uma publicação compartilhada por Tarso Brant (@tarsobrant) em

Para quem não conhece, Tarso nasceu em Belo Horizonte e ficou nacionalmente conhecido após exibir sua transição de gênero abertamente em suas redes sociais. Como na época o assunto ainda era um grande tabu, ele participou de diversos programas de TV até que, em 2017, ajudou a escritora Glória Perez na criação de uma personagem trans para a novela A Força do Querer da Rede Globo.

Vida longa ao rapaz! E que muitos outros homens trans, e mulheres transexuais, consigam tudo isso! Direitos iguais, não? Nem mais, nem menos!