#LAMENTÁVEL: Juiz determina a possibilidade de psicólogos curarem a homossexualidade.

0

Fonte: Conselho Federal de Psicologia

A Justiça Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal acatou parcialmente o pedido liminar numa ação popular contra a Resolução 01/99 do Conselho Federal de Psicologia (CFP) que orienta os profissionais da área a atuar nas questões relativas à orientação sexual. A decisão liminar, proferida nesta sexta-feira (15/9), abre a perigosa possibilidade de uso de terapias de reversão sexual. A ação foi movida por um grupo de psicólogas (os) defensores dessa prática, que representa uma violação dos direitos humanos e não tem qualquer embasamento científico.

Na audiência de justificativa prévia para análise do pedido de liminar, o Conselho Federal de Psicologia se posicionou contrário à ação, apresentando evidências jurídicas, científicas e técnicas que refutavam o pedido liminar. Os representantes do CFP destacaram que a homossexualidade não é considerada patologia, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) – entendimento reconhecimento internacionalmente. Também alertaram que as terapias de reversão sexual não têm resolutividade, como apontam estudos feitos pelas comunidades científicas nacional e internacional, além de provocarem sequelas e agravos ao sofrimento psíquico.

O CFP lembrou, ainda, os impactos positivos que a Resolução 01/99 produz no enfrentamento aos preconceitos e na proteção dos direitos da população LGBT no contexto social brasileiro, que apresenta altos índices de violência e mortes por LGBTfobia. Demonstrou, também, que não há qualquer cerceamento da liberdade profissional e de pesquisas na área de sexualidade decorrentes dos pressupostos da resolução.

A decisão liminar do juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho mantém a integralidade do texto da Resolução 01/99, mas determina que o CFP a interprete de modo a não proibir que psicólogas (os) façam atendimento buscando reorientação sexual. Ressalta, ainda, o caráter reservado do atendimento e veda a propaganda e a publicidade.

Interpretação do CFP – O que está em jogo é o enfraquecimento da Resolução 01/99 pela disputa de sua interpretação, já que até agora outras tentativas de sustar a norma, inclusive por meio de lei federal, não obtiveram sucesso. O Judiciário se equivoca, neste caso, ao desconsiderar a diretriz ética que embasa a resolução, que é reconhecer como legítimas as orientações sexuais não heteronormativas, sem as criminalizar ou patologizar. A decisão do juiz, valendo-se dos manuais psiquiátricos, reintroduz a perspectiva patologizante, ferindo o cerne da Resolução 01/99.

O Conselho Federal de Psicologia informa que o processo está em sua fase inicial e afirma que vai recorrer da decisão liminar, bem como lutará em todas as instâncias possíveis para a manutenção da Resolução 01/99, motivo de orgulho de defensoras e defensores dos direitos humanos no Brasil.

QG, nova balada abre as portas em São Paulo para misturar tribos

0

Proposta é abrigar estilos diferentes com muita diversão e harmonia

Com abertura de portas prevista para o próximo dia 08 de setembro, sexta-feira, (em meio ao feriadão da Independência), o QG é a nova opção de diversão da noite paulistana. Com a missão de reunir pessoas que gostam de misturar estilos, conviver em harmonia e compartilhar experiências, a festa do empresário André Bianchini será abrigada no espaço Via Marquês, no bairro da Barra Funda, semanalmente.

“Estou nesse ramo há muitos anos, tenho percebido que muitas festas segregam públicos, mas nós estamos vivendo um momento muito especial, em que as pessoas estão buscando formas de compartilhar experiências e atitudes. Por isso pensei em produzir uma festa leve, feita com gente alto astral e que busque diversão genuína”, afirma o empresário.

Com muita música, se apresentam na noite de estreia o DJ argentino Dan Rodrigues (Festa Solus – Buenos Aires) e o jovial Marcus Cogo (House BR). Estêvão Delgado vai garantir boas risadas com seu pocket show da turma do Ezatamentchy. O som vai do Pop, Indy, Eletrônico, Funk, MPB, sambinhas e ao que mais a galera mostrar que quer.

A equipe de promoteres está forte, para garantir casa cheia já na primeira noite: Guilherme Cerqueira, Fernando Zaghi, Rodrigo Vasconcelos, Bruno Limah e Dan Rodrigues. Na porta, o público será recebido por Rodrigo Benedecte e lá dentro, o RP Filipe Maia cuidará dos convidados. Comandando os “bons drinks”, está a Equipe Kombat em três bares distribuídos pela casa, que conta ainda com mezanino e área VIP.

Se bater aquela fome, o QG contará com food truck, ou seja, dá pra repor as energias e continuar dançando a noite inteira. Já para os fumantes, claro, tem área aberta externa.

SERVIÇO

Local: QG – Av. Marquês de São Vicente, nº 1.589 – Barra Funda -São Paulo -SP.
Data: 08 de setembro e todas as sextas-feiras
Hora: A partir das 23 horas
Bilheteria: Na porta: R$ 35, 00 até 01:30hs, depois R$50,00
Formas de pagamento: Dinheiro ou todos os cartões de débito e crédito.
QG recomenda: Vá de Cabify, metrô, a pé ou de bicicleta. Evite trânsito e dirigir bebendo.
Contato da casa: 11-3615-2060 OU 11-97442-0692
http://www.viamarques.com.br/casa/

#ESCUTE: Set do DJ Thiago Foizer

0

O Thiago Foizer, marido do Rodrigo Di Biase, é um menino muuuuuuito fofo. Lembro de ver ele pela primeira vez na Cantho (de domingo para segunda). Há muitos anos. Depois, de esbarrar e adicionar em seu perfil do Face e Instagram. Com o tempo passamos a trocar algumas ideias na balada (poucas, afinal, é balada!), e é neste momento que a gente percebe quem tem boa energia de quem não tem nenhuma.

Simpatizei tanto pelo rapaz que na primeira leva de livros da gráfica, fiz questão de enviar para ele e pro Rodrigo a quarta ediçao do meu romance gay Theus (hoje um dos meus maiores sucessos!). O mais bacana? O Foizer não só leu, como gostou e fez uma postagem bem sincera/autêntica sobre meu livro no Instagram (mais um leitor chorão! rs). Fiquei todo lisongeado.

O que eu não esperava é que o Foizer, que já agita algumas festas e eventos gays em São Paulo se lançaria como DJ. E melhor, como todo DJ que se preze, lançou seu primeiro set no Soundcloud (aliás, fundamental isso!).

E não é que o menino mandou super bem?

Duvida? Escute você mesmo:

E é isso que eu amo nas pessoas. Eu faço várias coisas, entre elas, sou escritor LGBT. Conheço médicos que são DJs, advogados que pintam quadros fabulosos, outros, artistas da noite. E assim vai indo. A arte presente em todas as esferas de nossas vidas (não nos limitando em nada!). E ser DJ galerinha linda, é uma arte antes de tudo! Uma arte que como todas elas, deve tocar seu público.

E o DJ Thiago Foizer já começou muito bem. Sucesso garantido! Principalmente porque o básico, simpatia, ele já tem: e isso rompe todas as barreiras da vida, não importa quem você seja ou o que tenha.

Sucesso Foizer!

Se o primeiro Set foi ótimo, com músicas incríveis e bem selecionadas, imagino os próximos! Quero ver você tocando em muuuuitas baladas! Muitas mesmo! <3

Casal gay de pinguins adota filhote rejeitado por fêmea

0

Juntos há 12 anos, o casal gay de pinguins Dotty e Zee são um dos mais famosos do mundo. Embora não possam se reproduzir, com apenas um ano de relacionamento, eles começaram a criar um ninho juntos. Na época, o zoológico realizou um teste de DNA para verificar se os dois eram realmente machos: e eram.

A notícia correu o mundo. O que não esperávamos é que os dois, embora tenham sido encorajados a se reproduzirem com outras fêmeas, não largaram um ao outro. E mais, uma fêmea, do mesmo zoológico, deu a luz e rejeitou seu ovo. A equipe achou o fato como uma ótima oportunidade para testar o instinto paternal dos dois: e deu certo!

O casal de pinguins gays chocou o ovo e, após o nascimento do filhote, começaram a dividir as tarefas para a sua criação, ora cuidando e outra hora levando comida. Algo não muito diferente do que existe em nosso mundo entre casais gays que adotam filhos, não?

Mais uma prova (Divina? Para quem acredita em Deus!) de que o amor gay não é feio, não é pecado, não é sujo. Como eu vivo falando, inclusive no meu livro sobre a homossexualidade que escrevi em 2006 chamado O Armário, a homossexualidade é apenas uma vertente saudável da sexualidade humana. Nada além disso!

Vida longa ao casal! E ao novo membro da família!

#PSICOLOGIA: Como evitar pensamentos ruins? Sinta-se bem!

0

Alguns estudos indicam que nós temos aproximadamente 70 mil pensamentos por dia. Essa estimativa foi dividida em aproximadamente 3 mil pensamentos por hora e 50 pensamentos por minuto.

Claro que, alguns pensamentos são bons (nos levando a pensar cada vez mais em coisas boas) e outros são ruins (nos levando a pensar cada vez mais em coisas ruins). A grande questão é, como ter somente pensamentos bons? Evitando os ruins?

Bom, se temos 70 mil pensamentos por dia, não dá para controlar cada pensamento que temos, correto? Mas uma dica é fabulosa e acaba com várias outras que você possivelmente irá ler na internet: você precisa sentir-se bem!

Isso mesmo! Embora seres racionais, toda a nossa razão vem da emoção. Somos basicamente seres emocionais: por mais que tenhamos a razão, é a emoção que nos controla. E esse é o grande segredo! Se você se sente ruim, é automático: sua mente produzirá uma séria de pensamentos ruins, levando a sentimentos ruins que produzirá mais pensamentos ruins. É como uma bola de neve, ruim.

Então, você precisa começar a se sentir bem. Neste exato momento que você esta lendo este texto no meu blog, pare para pensar em quantas coisas boas você já fez, seus familiares, amigos, trabalho, seus cachorros, enfim, comece a pensar na vida e nas coisas que te fazem se sentir bem. Automaticamente, todos os seus pensamentos (a emoção é a base de tudo) serão bons!

Caso volte a ter pensamentos ruins, pare com tudo, respire e treine seu corpo e sua mente para voltar a se sentir bem. Mas sinta! Sinta-se realmente bem. E mantenha essa sensação boa. Automaticamente, todos os seus pensamentos serão bons. E pensamentos bons farão você se sentir melhor. E terá mais pensamentos bons. Como uma bola de neve, mas boa.

Algumas pessoas, para se sentir bem, escutam músicas, outras, abraçam seus cachorros. Busque o que te faça bem. Acorde todos os dias lembrando-se que o segredo é você sentir-se bem. Quando treinar isso, e fizer isso todos os dias, verá que só terá pensamentos bons.

Para finalizar, eu, particularmente, odeio textos de auto-ajuda. Mas essa técnica funciona. Logo, compartilhe. Divulgue. Nada de pensamentos ruins. A vida é uma só. Vamos nos sentir bem sempre. Pensar coisas boas sempre e ter uma vida mais produtiva.

Sobre a tal vacina da cura gay desenvolvida pelos cientistas russos. Leia.

0

Vamos ser bem sinceros? Desde que comecei a estudar em 2006 profundamente sobre a homossexualidade para escrever e publicar meu primeiro livro chamado O ARMÁRIO (hoje, referência no Brasil sobre), eu escuto falar sobre a “tal possível cura da homossexualidade“. Que nunca existiu e nunca irá existir. Aliás, no próprio O ARMÁRIO eu cito como, na história, cientistas tentaram provar (no início da ciência) incansavelmente e sem nenhum sucesso o quanto os homossexuais eram “doentes”. Hoje sabe-se que a homossexualidade nunca foi ou será, realmente, uma doença.

Ainda assim, o mundo é gigantesco e sempre que possível, aparecem notícias de alguém que fez algo para “tentar” o contrário. Recentemente, e acredite, virão outras notícias parecidas, o doutor Dimitri Yusrokov, médico russo do Instituto de Ciência e Medicina de Novosivirsk, alega ter desenvolvido uma vacina que promete remover os sintomas da homossexualidade em seres humanos, desde que o tratamento tenha início na juventude.

O anúncio do antídoto, sugestivamente chamado de “cura gay” nas redes, consiste na administração do nível de testosterona que o feto recebe dentro da barriga da mãe, e que aumentaria as chances da criança nascer com traços mais masculinos. O medicamento seria a base de Xerostogênio, um tipo de estrogênio encontrado em compostos químicos que, segundo os pesquisadores, é o responsável pela homossexualidade. O mais interessante é que a técnica é a mesma “ladainha” que encontramos em livros sobre a história da homossexualidade, como de Colin Spacer. Até aqui, nada muito novo: só alarde e nada palpável.

Aliás, para quem entende da dinâmica machista, parece mais uma injeção de “masculinidade” (testosterona) pro homem ser sempre homem, evitando seu lado feminino, ou melhor, gay. Sem falar ironicamente que, injetando mais testosterona, pode ainda nascer mais gays, porém peludos e rústicos (a comunidade bear agradece!).

Países como a China e Arábia, com sua cultura mais atrasada, já estão de olho na vacina. Outros cientistas americanos e europeus já expressaram um certo cetismo quanto ao procedimento: como eu disse, não tem nenhuma novidade até então. Parece realmente aquelas práticas antigas, que já tentaram e não funcionaram. Não tem como funcionar.

Para quem não leu meu livro O ARMÁRIO ainda, vale lembrar que diversos estudos ao longo de muitos anos (por todo o mundo!) comprovaram, por A + B, que a homossexualidade não é uma doença. Hoje em dia, doença é ter uma orientação sexual discordante: sou gay e não assumo que sou gay, por exemplo. Alias, está até na Classificação Internacional de Doenças (pesquisem pelo termo Orientação Egodistônica)

Logo, essa notícia é só para confundir, ainda mais, nossa população que já não entende nada da nossa homossexualidade: que ela é apenas mais uma vertente saudável da sexualidade humana. Por isso, inclusive, lancei o projeto http://educandoparadiversidade.com.br

Em tempo, caso queira, um dos meus livros, o romance gay THEUS aborda com modesta maestria a cura gay religiosa. Caso queira conhecer meus livros, o link é http://fabricioviana.com/livros. Afinal, só a informação correta acaba com tantos preconceitos. Concordam?

Flash Gay Tattoo: Evento de tatuagem para LGBTs em São Paulo

0

Idealizado pela Mantra Tattoo, a Flash Gay Tattoo terá três tatuadores de diferentes estilos que terão aproximadamente 500 desenhos para a escolha do público em São Paulo.

Segundo os organizadores, as tattoos – também com temática LGBT – terão preços que custarão entre R$ 200, R$ 300 e R$ 500.

O local do evento é um mix de lavanderia, galeria de arte e bar. A ideia surgiu para comemorar os três anos da Mantra Tattoo que desde o seu início levanta abertamente a bandeira LGBT.

Haverá feirinha cultural com luminárias, pins, patches e trilha sonora de Carlos Marcello Marques. As tatuagens poderão ser feitas no dia ou agendadas.

Serviço:

Dia 08/10/2017
Flash Gay Tattoo
Das 12h até as 23h
Local: Laundry Deluxe – Rua da Consolação, 2.937, Jardins.

Confirmado, Sense8 terá terceira temporada!

0

Em março deste ano a Netflix confirmou o cancelamento de Sense8, uma de suas séries mais populares deles. Raríssimas pessoas acharam que era só uma estratégia de marketing para chamar a atenção do mundo e, logo após, dar a notícia de continuidade.

Bom, digo raríssimas pessoas pois eu fui uma delas. Mesmo com bons argumentos de amigos dizendo que as contas não batiam: muito caro para pouca gente assistindo. O que discordo: se está muito caro, dá pra continuar mas sem custos altos (locações longe, etc). Mas tirando minha humilde opinião sobre os acontecimentos (quem mandou eu estudar marketing depois de psicologia! risos), recentemente, após comoção nas redes sociais, a empresa voltou atrás e disse que a série terá mais um episódio de despedida.

Entretanto, Lana Wachowski, uma das criadoras de Sense8, disse que esta escrevendo não apenas um episódio mas toda a terceira temporada. Junto com uma entrevista dada com alguns atores da série, foi dito por Lana em terceira pessoa: “Ela está escrevendo porque acredita muito nos fãs, que eles vão criar muitos outros fãs. Lana realmente está escrevendo a terceira temporada inteira“.
 .

Com duas temporadas, Ted Sarandos, um dos executivos do serviço de streaming da Netflix, explicou no início do ano sobre o cancelamento: “Os fãs são muito apaixonados, mas não tanto o suficiente para suportar economicamente algo tão grande, até mesmo na nossa plataforma“, disse. De acordo com a imprensa americana, a Netflix gastou pelo menos R$ 655 milhões com as duas temporadas do seriado.

Embora Lana esteja escrevendo toda a terceira temporada, até o momento, a Netflix só confirma um episódio de duas horas para finalizar a série. E está prevista para 2018. Mas se for ou não estratégia de marketing, vamos sim ter uma terceira temporada: a dúvida agora é se terá apenas um episódio ou vários.

Esperamos que vários.

#REFLITA: O tempo de cada um…

0
Alguns estão solteiros.
Alguns estão casados e esperaram 10 anos para ter um filho,
e outros tiveram um filho depois de um ano de casados.

Alguns se formaram aos 22 anos, e esperaram 5 anos para conseguir um bom emprego. Outros se formaram aos 27 e encontraram o emprego de seus sonhos imediatamente!
Alguns se tornaram presidentes de grandes empresas aos 25 e morreram aos 50, enquanto outros se tornaram presidentes aos 50, e viveram até os 90.
Cada um trabalha com seu próprio ‘fuso horário’. As pessoas conseguem lidar com situações apenas de acordo com seu próprio tempo. Trabalhe com o seu próprio tempo.
Seus colegas, amigos, e conhecidos mais jovens podem parecer estar ‘a frente’ de você, e outros podem parecer estar ‘atrás’.
Não os inveje, nem zombe deles. Estão em seu próprio tempo. E você está no seu!
Segure firme, seja forte e seja verdadeiro consigo mesmo. Tudo irá conspirar ao seu favor. Você não está atrasado,
Nem adiantado,
Você está exatamente na hora certa!”

 

Autor: Sri Sri Ravi Shankar

#MeRepresenta: Pabllo Vittar recusa entrevista ao repórter do Pânico

1
Créditos: reprodução/Instagram/Band

Evandro Santo, que interpreta o personagem “Christian Pior” do programa Pânico da Band, publicou em uma de suas redes sociais um post em que critica Pabllo Vittar, pedindo para que ela seja “mais humilde”.

A publicação do repórter ganhou grande repercussão nas redes no final desta semana. E tudo aconteceu após Pabllo recusar ser entrevistada por ele no programa.



O que ele talvez não esperava é que, após a publicação do seu post, surgiu um vídeo com trechos onde Pabllo aparece sendo desrespeitado pelo programa no passado.

E veja bem, não é uma questão de ser ou não uma pessoa LGBT. É um desrespeito a pessoa humana. Ao artista. Como fazem eles fazem com tantos outros.

Assista:

Diante do vídeo, é claro que Pabllo Vittar fez muito bem em recusar a entrevista, afinal:

1 – Chamam ela de Cléo Pires, ignorando seu nome artístico correto;

2 – Vesgo diz que ela aspirou gás hélio antes, referindo-se maldosamente, ao fato de Pabllo ter voz aguda (inclusive ela respondeu muito bem, dizendo “Minha voz é assim mesmo, gente, desculpa. Inclusive vocês tocam minha música todo final de programa”



3 – Vem ainda vem uma declaração homofóbica: Vesgo pergunta “Que voz é essa?”, e o outro repórter responde: “Voz de quem chupa!”.

Resumindo, não é de hoje que o programa é um show de horrores para todas as pessoas, inclusive para pessoas LGBTs deste imenso Brasil.

Pabllo fez muito bem. Me representa!

#ASSISTA: Sugestão de 15 filmes com temática LGBT

0
Para quem gosta de filmes com temática LGBT, segue 15 indicações! 😉 Se tiver mais, registre nos comentários. Em breve prometo divulgar outras listas!
.
.
“Tatuagem” (2013) 
Direção: Hilton Lacerda
Elenco: Irandhir Santos, Jesuíta Barbosa, Rodrigo Garcia
 .
14-filmes-com-tematica-lgbt
 .
O filme, de Hilton Lacerda, traz um retrato da capital nordestina Recife, de 1978, onde Clécio Wanderley (Irandhir Santos) lidera um grupo teatral e se envolve com o cunhado de seu affair, o jovem militar Fininha (Jesuíta Barbosa), que é seduzido pelo mundo do teatro e pelo jogo de conquista de Clécio.
.
.
.
“Minha Vida em Cor-de-Rosa” (1997)
Direção: Alain Berliner
Elenco: Georges du Fresne, Jean-Philippe Écoffey, Hélène Vincent
 .
1-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Ludovic é uma garota transsexual que está começando a assumir sua verdadeira identidade perante o mundo. Seu desejo é se casar com o filho de sua vizinha, mas os novos rumos que Ludovic dá para sua vida surpreendem sua própria família e os vizinhos, que não conseguem aceitar, de fato, a felicidade, os desejos e a real identidade de Ludovic.
.
“Garotos de Programa” (1991) 
Direção: Gus Van Sant
Elenco: River Phoenix, Keanu Reeves e James Russo
 .
6-filmes-com-tematica-lgbt
 .
O filme, do diretor Gus Van Sant, mostra a jornada dos amigos Scott Favor (Keanu Reeves) e Mike Waters (River Phoenix). Sem dinheiro, os dois entram no mundo da prostituição e vendem seus corpos para clientes gays pelas ruas da cidade de Portland. Entre uma aventura e outra, Scott decide encontrar sua mãe e acaba descobrindo que está apaixonado pelo melhor amigo.
 .
Morte em Veneza (1971)
Direção: Luchino Visconti
Elenco: Dirk Bogarde, Silvana Mangano e Marisa Berenson
 .
3-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Início do século XX. Gustav von Aschenbach (Dirk Bogarde) é um compositor austríaco que vai para Veneza buscando repouso, após um período de estresse artístico e pessoal. Porém ele não encontra a paz desejada, pois logo desenvolve uma paixão por um jovem, Tadzio (Björn Andrésen), que está em férias com sua família. Tadzio incorpora o ideal de beleza que von Aschenbach sempre imaginou e pensa em ir embora antes de cometer um ato impensado, mas sua bagagem foi para outra cidade, obrigando-o a permanecer ali. Além disto a cólera asiática começa a chegar em Veneza.
 .

“Parceiros da Noite” (1980)
Direção: William Friedkin
Elenco: Al Pacino, Karen Allen, Paul Sorvino
 .
2-filmes-com-tematica-lgbt
 .
O policial Steve Burns (Al Pacino) foi destacado para investigar uma série de assassinatos de homossexuais em Nova York. Com a intenção de crescer dentro da corporação, aceita o desafio de se passar por gay, sabendo que terá que frequentar a comunidade e mergulhar nos clubes de sadomasoquismo. Só não sabia que a sua caçada ao maníaco poderia ser longa e que ninguém sai normal de uma experiência tão brutal como esta.
 .
Tangerine (2016)
Direção: Sean Baker
Elenco: Kitana Kiki Rodriguez, Mya Taylor, Mickey O’Haga
 .
5-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Assim que sai da prisão, a prostituta transexual Sin-Dee (Kitana Kiki Rodriguez) descobre através de sua melhor amiga (Mya Taylor) que o namorado Chester (James Ransone) está saindo com outra pessoa, uma mulher cisgênero. Sin-Dee decide encontrar os dois e puni-los pela traição.
 .
“Priscilla, a Rainha do Deserto” (1994) 
Direção: Stephan Elliott
Elenco: Terence Stamp, Hugo Weaving e Guy Pearce
 .
7-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Um clássico em se tratando de temática LGBT, o filme fez tanto sucesso que ganhou um musical nos palcos da Broadway. Colorido e divertido, o longa mostra a aventura de duas drag queens, Anthony (Hugo Weaving) e Adam (Guy Pearce), e uma transexual, Bernadette, que são contratadas para realizar um show em Alice Springs, uma cidade que fica no deserto australiano. A bordo do ônibus Priscilla, elas partem de Sydney na companhia do mecânico Bob (Bill Hunter). Durante a viagem, acabam descobrindo que quem as contratou foi a esposa de Anthony.
 .
“Meninos não choram” (1999) 
Direção: Kimberly Peirce
Elenco: Hilary Swank, Chloë Sevigny, Alison Folland
 .
8-filmes-com-tematica-lgbt
 .
O drama, que rendeu o Oscar de melhor atriz para Hilary Swank, mostra a história do garoto Brandon Teena, que nasceu em um corpo de menina e passou a viver sua verdadeira identidade de gênero em uma pequena cidade rural de Nebraska. Após se apaixonar por uma garota, Brandon tem o seu segredo revelado e passa a ser vítima de preconceito dentro e fora de sua família.

 .
O Jogo da Imitação (2015)
Direção: Morten Tyldum
Elenco: Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Good
 .
4-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas. Entretanto, para que o projeto dê certo, Turing terá que aprender a trabalhar em equipe e tem Joan Clarke (Keira Knightley) sua grande incentivadora. Alan Turing era gay.
 .
“Má Educação” (2004)
Direção: Pedro Almodóvar
Elenco: Gael García Bernal, Fele Martínez, Javier Cámara
 .
9-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Um dos filmes mais tensos e polêmicos de Pedro Almodóvar. A trama conta a história de Ignacio e Enrique, dois homens que se encontram décadas depois de se apaixonarem em um rígido colégio espanhol. Além da abordagem homossexual, o filme retrata o abuso sexual de padres.
 .
“O Segredo de Brokeback Mountain” (2005)
Direção: Ang Lee
Elenco: Heath Ledger e Jake Gyllenhaal
 .
10-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Baseado no conto homônimo escrito por Annie Proulx, a história narra o amor proibido entre dois cowboys, Jack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennie Del Mar (Heath Ledger), que decidem manter sua relação em segredo durante anos. O filme, dirigido por Ang Lee, retrata os conflitos de uma sociedade conservadora no Texas, entre as décadas de 1960 e 1980.
 .
“Milk: A Voz da Igualdade” (2008)
Direção: Gus Van Sant
Elenco: Sean Penn, Josh Brolin, Emile Hirsch
 .
11-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Em 1977, Harvey Milk (esq.) entrou para a história como o primeiro homem abertamente gay a ser eleito a um cargo público na Califórnia (EUA). Milk exerceu o mandato por 11 meses, de janeiro a novembro de 1978, data em que foi assassinado por um opositor político. Em 2008, a história do “mártir dos direitos gays” ganhou as telas do cinema. O ator Sean Penn (dir.) interpretou o ativista no filme do diretor Gus Van Sant.
 .
“Tomboy” (2012)
Direção: Céline Sciamma
Elenco: Zoé Héran, Malonn Lévana, Jeanne Disson
 .
13-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Laure, uma garota de 10 anos, começa a viver uma vida dupla após sua família mudar de bairro. A “nova identidade” começa quando sua vizinha, Lisa, a confunde com um menino. Laure, que usa cabelo curto e gosta de roupas masculinas, aceita a confusão e se apresenta como Mickael. Para evitar que o seu segredo venha à tona, Laure começa a passar por diversas situações embaraçosas até que os seus pais descobrem a verdade. .
 .

“Um Estranho no Lago” (2013) 
Direção: Alain Guiraudie
Elenco: Pierre Deladonchamps, Christophe Paou, Patrick d’Assumçao
 .
15-filmes-com-tematica-lgbt
 .
O diretor Alain Guiraudie causou polêmica ao retratar um drama policial com cenas de sexo explícito. Na história, Franck (Pierre Deladonchamps) frequenta um lago usado como praia nudista por vários homens homossexuais e acaba se apaixonando por Michel (Christophe Paou), um homem bonito, poderoso e bastante perigoso. Franck sabe com quem está se envolvendo, mas ignora o perigo para poder viver essa paixão.
 .
 .
“Eu Matei Minha Mãe” (2010) 
Direção: Xavier Dolan
Elenco: Xavier Dolan, Anne Dorval, Suzanne Clément
 .
12-filmes-com-tematica-lgbt
 .
Estrelado e dirigido pelo jovem cineasta Xavier Dolan, o filme explora a relação conturbada entre um mãe controladora e um filho que tenta impor seus gostos e conquistar sua liberdade. Confuso por sentir amor e ódio por sua própria mãe, o personagem de Dolan vaga por uma adolescência ao mesmo tempo marginal e típica, repleta de descobertas artísticas, experiências ilícitas, amizades e sexo.

Claudia Leitte cria polêmica ao declarar que ‘não pode viver sem gays’

0

Se tem uma coisa que posso dizer com convicção é que gays não esquecem famosos que falam absurdos sobre gays na mídia. Eu mesmo sou um deles! E é por isso que Claudia Leitte gerou polêmica nestes dias por dizer, em entrevista ao G1, que “não pode viver sem gays”.

A cantora, empolgada com seu novo hit ‘Badin de gelo’ fez referência ao público LGBT de uma forma controversa e foi criticada nas redes sociais. Na entrevista, ela disse: “Eu amo o público gay e sou uma pessoa que tem necessidade de tê-los por perto, me cercando, porque eles são enérgicos, alegres, como meu público é. Então, eu não posso viver sem eles. Não posso fazer uma dissociação. Quando eu vejo a massa lá de cima, eu vejo gente feliz. E gay é feliz. Sou uma representante, e se quiserem me aceitar, sempre serei“.

Na rede, muitos internautas se manifestaram a respeito da fala da cantora. A maioria deles relataram a declaração dela, em 2008, afirmando que não gostaria de ter um filho gay, por ver o preconceito que seus amigos sofrem. Na época, tentando justificar em seu blog, ela escreveu:

Além disso, se muitos homossexuais ainda se dividem quanto à homossexualidade ser uma alteração genética ou de fato uma opção sexual, por que eu deveria afirmar no meio de uma brincadeira que gostaria que meu filho fosse gay?

Pois é, não quero ter um filho gay e amo os gays, é um pouco estranho, não?

Melhor que Tinder? Secrush oferece seus amigos do Facebook!

0

Como tenho muita exposição, e ainda mais com relacionamento aberto e poliamoroso, recebo muita cantada em diversos perfis sociais. Em especial pelo Facebook. Confesso que a maioria nem consigo ler. Mas o que me deixa feliz é saber que isso não acontece apenas comigo (pela exposição), acontece com muita gente que eu conheço. Aliás, tem gente que tem perfil na rede do Mark Zuckerberg só pra caçar mesmo!

Em todo caso, foi pensando nisso que os brasileiros Rafael Hamoui, Alan Kovarj e André Kurbet, criaram o aplicativo Secrush que, ao se conectar no Facebook, mostra seus amigos que também usam o aplicativo, permitindo classifica-los em ”sairia”, ”conheceria melhor”, ”ficaria” e ”sem interesse” — nesta ordem decrescente de importância.

Tem como não fazer sucesso? Se antes as pessoas tinham dúvidas quanto ao retorno do crush pelo Face, agora podem ter certeza! Tanto que no seu primeiro mês de lançamento o app alcançou 10 mil usuários.

O mais interessante é que o funcionamento do Secrush é anônimo: se você curtir alguém e essa pessoa não te curtir, ela não ficará sabendo sobre seu interesse. Agora, se as duas se curtirem, o match é certo!

Se existe algo benéfico na tecnologia dos relacionamentos, e aliado a rede social que mais utilizamos, sem sombra de dúvidas Secrush é uma boa pedida. Vida longa ao aplicativo!

Primeiro Festival de Roda de Samba em São Paulo. Inscreva-se!

0

Eternizado como patrimônio cultural imaterial do estado de São Paulo, através do Projeto de Lei da deputada Leci Brandão, o samba é a herança do passado reapropriada no presente e transmitida para as gerações futuras. E nada melhor que comemorar durante o “1º. Festival de Roda de Samba de São Paulo”, que acontece nos dias 17 de setembro e 01 de outubro, na casa de shows Estação Mandaqui, localizada na zona norte da cidade, sempre a partir das 15 horas.

O evento é organizado pelo bloco carnavalesco “É do Samba”, comandado por Marcelo Dias, Felipe Zampieri, Pablo de Souza e Rodrigo Colzi, que surgiu a partir do bloco “É do Samba” que já desfila – com enorme sucesso – há seis anos pela cidade de Itacaré, na Bahia.

“Nosso objetivo, adianta-nos Dias, porta-voz do grupo coordenador, é fomentar a cultura garimpando novos talentos e concedendo espaço de relevância aos artistas, que certamente darão o melhor de si em suas performances para abrir-lhes as portas do sucesso”, conclui.

A formatação do “1º. Festival de Roda de Samba de São Paulo” contempla uma eliminatória com a participação de cinco (05) grupos em 17.09 e a grande finalíssima em 01.10 com os dois melhores selecionados pelo Corpo de Jurados, que terão como base na avaliação os seguintes quesitos: arranjo, apresentação, interpretação, cadência, tempo e afinação.

“Importante citar, afirma Zampieri, que os vencedores ganharão vários instrumentos da Gope, empresa fabricante de prestígio mundial, além do Troféu “InformaSamba”, concedido pelo jornalista Maurício Coutinho”, finaliza.

O júri será composto por Emerson Nunes, professor, jornalista, presidente do bloco carnavalesco “Banda das Cachorras” e Vice-Presidente da Ubcresp/União dos Blocos de Carnaval de Rua do Estado de São Paulo, Hugo Santana, representante da Gope Instrumentos Musicais e Anderson Balbino, ritmista, chefe de ala, harmonia durante 12 anos na Nenê de Vila Matilde, participou dos departamentos de harmonia do Camisa Verde e Branco, Leandro de Itaquera, Dragões de Vila Alpina e atualmente é Presidente da escola de samba Estrela Cadente da Cidade Tiradentes.

Na finalíssima, dia 01 de outubro, também farão parte da mesa de jurados, os consagrados cantores e compositores Zeca do Cavaco e Zé Carlinhos, ícones da cultura popular brasileira, maiores vencedores de sambas de enredo da escola de samba Vai-Vai, que apresentarão um pocket show do seu espetáculo “1 É Bom, 2 Zé…Demais!” ao público, antes da divulgação do resultado do “1º. Festival de Roda de Samba de São Paulo”. Prestigiando o evento, também neste dia, haverá a presença de Vanessa Perez, ex-bailarina do Faustão, representante do Mato Grosso do Sul no concurso Musa do Brasil 2017 e que desfilou como musa da Acadêmicos do Tucuruvi no último Carnaval.

Maiores informações, regulamento completo e as fichas de inscrições das bandas concorrentes poderão ser feitas pelo aplicativo http://app.vc/blocoedosambasp, onde se encontram todos os dados necessários do evento, que tem o apoio cultural da Gope, White Energy Drink, M.Dias Design, Studio Infinite Arquitetura, Es Esa Moda, Brabu Italian Design, Coutinho Eventos, Revista Paulista, InformaSamba, Sincoplastic, Casa Castro e Buffet Manaus.

Serviço:

“1º. Festival de Roda de Samba de São Paulo”
Dias 17.09 e 01.10
Domingos a partir das 15 horas
Ingressos: R$ 20,00
Estação Mandaqui
Av. Eng. Caetano Àlvares, 5544
Informações: 9.9797.1438
Facebook: @blocoedosamba

Projeto Educando Para Diversidade ministra cursos, treinamentos e workshops para escolas e empresas

0

Idealizado pelo jornalista, escritor e bacharel em psicologia Fabrício Viana, o projeto Educando Para Diversidade tem como objetivo prestar consultoria, treinamentos, cursos, workshops e palestras sobre Diversidade Sexual para escolas, ONGs e empresas.

Fabrício Viana, que já foi gerente de comunicação e é especialista em marketing digital, é um nome conhecido dentro da comunidade LGBT. Além de ter idealizado alguns projetos sociais para a comunidade no passado (ver Wikipédia), ele também escreve Literatura LGBT tendo, até o momento, publicado de forma independente quatro livros: O Armário (sobre a homossexualidade e os processos psíquicos que envolvem a “entrada e saída do armário”), Ursos Perversos (contos homoeróticos), Orgias Literárias da Tribo (coletânea LGBT) e seu mais recente sucesso chamado Theus: do fogo à busca de si mesmo (romance homoafetivo). Todos os seus livros podem ser comprados na versão impressa ou digital por meio do seu site pessoal

Profissionalmente, Viana já trabalhou na ABN AMRO Bank, na multinacional Inter.Net, Catho, EmpregosComBr, Porto Seguro e DigiPronto, ocupando diversos cargos como gerente de negócios digitais e de comunicação e marketing. Inclusive, presta serviços de assessoria de comunicação pra a APOGLBT, ONG responsável pela maior Parada LGBT do mundo.

Desde 2006, quando lancei meu primeiro livro sobre a homossexualidade, venho palestrando em diversas regiões deste imenso Brasil sobre diversidade sexual. A ideia de lançar o projeto Educando Para Diversidade foi apenas uma forma de formalizar, por meio de um website e página no Facebook, algo que já faço há anos.“, enfatiza Viana.

Segundo ele, o site, lançado recentemente, terá vídeos, informações e estudos sobre o mercado X diversidade, ebooks e materiais específicos.

Quero focar bastante neste projeto. Infelizmente o tema Diversidade Sexual ainda é um tabu em muitas organizações, escolas e grupos de pessoas em vários lugares. A ideia é levar informações sérias e corretas sobre o tema para muita gente!“, completa.

Serviço:

Projeto Educando Para Diversidade
Consultoria, treinamentos, cursos, workshops e palestras sobre
Diversidade Sexual para escolas, ONGs e empresas
Website:  http://educandoparadiversidade.com.br
Facebook: http://facebook.com/educandoparadiversidade