Início Site Página 3

28 de Junho: Orgulho LGBT. Orgulho de ser você mesmo, em qualquer lugar e para qualquer um.

0

“Orgulho de ser você mesmo! Em qualquer lugar e para qualquer um!” #28DeJunho. Dia Internacional do Orgulho LGBT. Visite meu blog e livros http://fabricioviana.com 🏳️‍🌈
.

.
#sejavocêmesmo #sejavocemesma #sejavoce #sejaautentico #blogueiro #jornalista #gaybrasil #gaybr #gaysp #spgay #gaysaopaulo #gaysampa #literaturalgbt #literaturaqueer #literaturagay #sejaautentica #ParadaSP #ParadaLGBT #OrgulhoLGBT #DiaDoOrgulhoLGBT #DiaInternacionalDoOrgulhoLGBT #psicologia #comportamento #sexualidade #diversidadesexual #segue #blogliterario #amoler #amolivros

VÍDEO: Assista agora, Fabrício Viana no Conexão Mulher sobre a homossexualidade

0

Pois é, para quem não conseguiu assistir ao vivo o programa Conexão Mulher, que foi ao ar em 12/06/2018, e que eu tive o prazer de ser entrevistado falando sobre a homossexualidade e meus livros, aqui está o link do programa inteiro (não da pra vincular na página, tem que clicar no link e assistir direto no Youtube, ok?):

https://www.youtube.com/watch?v=TbWOwAxkLkc&feature=youtu.be&t=5m50s

Para comprar meus livros, aqui:

http://fabricioviana.com/livros

Pabblo Vittar está indo para Los Angeles gravar a nova temporada de Rupaul’s

0
Não desmerecendo o trabalho de ninguém, mesmo porque cada um tem seu trabalho e seu público, mas publiquei uma nota aqui no meu blog tempos atrás informando que Pabllo Vittar passa RuPaul e se torna a Drag mais seguida no mundo!  O que a gente não esperava é que a drag brasileira fosse gravar com RuPaul em Los Angeles.


.

E não é conversa pra boi dormir. Sua assessoria mesmo postou no seu twitter oficial:

Ao que tudo parece, Vittar participará do programa como jurada. E a nova temporada deve entrar no ar em breve. Resumindo? No final, todas ganham. Orgulho enorme de Pabblo Vittar.

Vídeo: Literatura LGBT na Feira Cultural LGBT em São Paulo

0

Literatura LGBT: Feira Cultural LGBT no Vale do Anhangabaú dia 31/05 sobre a diversidade cultural. Na reportagem, falaram dos meus livros e também teve entrevista com diversos autores. Matéria da TVT. ASSISTA ao vídeo AGORA: https://youtu.be/oOwFYxla_Vk e compartilhem!

Para conhecer e comprar meus livros, visite:
http://fabricioviana.com/livros

#ParadaAoVivo Trecho com Fabrício Viana, assessor de imprensa da Parada LGBT de SP

0

Na semana da Parada é tanta coisa, tantos contatos, que não é fácil administrar e dar a devida atenção para todo mundo. Eu costumo brincar que, se não fosse careca, ficaria careca.

E isso porque eu só cuido da imprensa.

E mais, embora eu não seja porta voz da ONG (As pessoas acham que faço parte da diretoria, não faço! Apenas presto serviços de comunicação!), raramente quando precisam de alguém e esse alguém não está, eu acabo falando (modestamente falo bem: tenho discurso politizado). Só que não gosto. Já fui em mais de 30 programas de TV (principalmente por causa do meu primeiro livro O Armário, sobre a homossexualidade) e, já tem alguns anos que eu dispenso convites para me expor. Acreditem ou não!

Só que esse projeto de transmissão do Dia Estúdio pela Internet foi fantástico. E no momento que passávamos em frente na Paulista, pintou a possibilidade de visitá-los. Aproveitei e falei um pouco. E espero, realmente, que a diretoria da APOGLBT SP continue com essa super parceria de visibilidade digital. Afinal, muita gente não pode ir na Parada mas queria muito saber de tudo o que acontece lá. A última cobertura que me lembro, e sou velhinho, foi pelo Mix Brasil em um trio que eles cobriam todos os anos: mas via texto.

Enfim. Foi incrível. E aí está o trecho da minha fala. Enfatizando sempre o site da Parada e as redes sociais da ONG. Coisa que lutei para visibilizar desde o dia que comecei a prestar serviços de comunicação pra eles. E me sinto muito orgulhoso disso (as redes sociais deram um boom, muito, pelo meu esforço). E vamos que vamos!

Aproveita que você está aqui e assista a live com a Claudia Regina, presidente atual da APOGLBT SP. Muita coisa é abordada neste vídeo super bacana. Lembrando que a Claudia, o Nelson, Diego e muitos sempre foram pessoas queridas por mim muito antes de eu trabalhar com eles. E espero que seja assim pra sempre (trabalhando junto ou não). Afinal, a vida é muito curta pra não ter gente bacana ao lado. Beijo no coração de todos.

SENSE8: Atores estarão no Brasil na semana da Parada LGBT de São Paulo

0

Juntos até o fim… Especialmente no Brasil!

O cluster se reúne uma vez mais para sua última missão no episódio final de Sense8, e uma grande celebração deste lançamento será aqui, no Brasil, parte do calendário Pride Week da APOGLBT-SP

Sense8 Juntos Até o Fim, evento que combinará pré-estreia e ativação com os apaixonados fãs da série original Netflix, acontecerá dia 01 de junho, com a presença dos protagonistas Brian J. Smith, Jamie Clayton, Miguel Angel Silvestre, Tina Desai e Toby Onwumere.

Sobre Sense8 – Episódio final: Vidas pessoais são colocadas em segundo plano à medida em que o cluster, seus companheiros e alguns aliados inesperados se reúnem em uma missão de resgate e derrubada da OPB para proteger o futuro de todos os Sensates.

A conclusão da saga do cluster de Sense8 será revelada no lançamento global em 8 de junho, exclusivamente na Netflix.

As inscrições foram disponibilizadas gratuitamente e as vagas esgotadas em menos de 1 hora, 500 fãs cantarão junto com o cluster e assistirão ao episódio final.

Sobre Sense8: https://www.netflix.com/br/title/80025744

Literatura LGBT: 3º Bate-papo com Autores/Editoras na Feira Cultural LGBT dia 31/05

0

Tradicional encontro com autores e editoras de livros com temática LGBT ocorre pela terceira vez durante a Feira Cultural LGBT

Dia 31/05, durante a Feira Cultural LGBT no Vale do Anhangabaú em São Paulo, teremos o 3º Bate-papo com Autores/Editoras de Literatura LGBT.

Idealizado pelo jornalista e escritor Fabrício Viana, o 3º bate-papo contará com tendas onde diversos Autores/Editoras estarão expondo, vendendo e conversando sobre sua produção literária LGBT.

Com um público aproximado de 200 mil pessoas, esta é uma grande oportunidade para que todas as pessoas apaixonadas por livros com temática LGBT possam conhecer seus autores, editoras e comprar seus romances, crônicas, poesias, livros de não ficção, livros eróticos, entre outros gêneros literários e ainda conversar com seus autores/editoras preferidos.

A tenda de Literatura LGBT terá início as 10h da manhã e irá até as 22h do mesmo dia. Entre os autores/editoras, até o momento (15/05) estarão presentes (em ordem alfabética):

>> Alice Reis (WonderClub)
http://oamordealice.com.br

>> Fabrício Viana
http://fabricioviana.com/livros

>> Karina Dias
http://karinadias.com.br/

>> Léa Carvalho / Malu Santos (Editora Metanoia)
http://metanoiaeditora.com/

>> Paula Curi (Palavras, Expressões e Letras)
http://editorapel.com.br/

>> Silvano Sulzart
http://www.silvanosulzart.com.br/

>> Thales Frazão
https://www.facebook.com/thalesnas/

Temos ainda algumas vagas, se você é autor/editora e deseja fazer parte, por favor, entrar em contato o mais breve possível com Paula Curi pelo e-mail contato@editorapel.com.br (até dia 18/05)

SERVIÇO:

Literatura LGBT: 3º Bate-papo com Autores/Editoras de livros com temática LGBT
Dia 31/05 (feriado) – Feira Cultural LGBT da APOGLBT SP
Das 10h as 22h.
Local: Vale do Anhangabaú em São Paulo
Entrada gratuita
Link do evento: http://paradasp.org.br/literaturalgbt2018

TERMOS LGBTs: Manual em PDF para Jornalistas e profissionais de Comunicação

0

Novo Manual de Comunicação LGBTI+, lançado pela Aliança Nacional LGBTI+ e Rede GayLatino, destinado aos meios de comunicação, jornalistas e estudantes da área propõe: “Substitua preconceito por informação correta!”.

A publicação é destinada aos meios de comunicação, incluindo jornalistas e estudantes da área. Tem por objetivo contribuir para diminuir preconceitos e estigmas e colaborar para o melhor entendimento de termos que são recorrentes entre a população LGBTI+, mas que podem não ser usuais no dia a dia de profissionais e estudantes da Comunicação, a fim de contribuir para um jornalismo inclusivo.

A primeira parte do Manual contém definições, conceitos e fenômenos acerca das pessoas LGBTI+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, intersexuais e outras identidades de gênero e sexualidade não contempladas na atual sigla adotada, representadas pelo “+”). Em seguida, o Manual traz alguns dos principais pontos históricos envolvendo a população LGBTI+, inclusive os avanços mais recentes em termos de reconhecimento dos direitos desta população no Brasil e no mundo, bem como considerações sobre as lacunas ainda existentes para que alcance a cidadania plena. Também informa sobre termos a serem evitados em comunicações sobre o tema LGBTI+, assim como pautas que podem ser de interesse de profissionais dessa área.

Este manual é resultado de um trabalho conjunto. Foram aproximadamente 300 sugestões e colaborações de especialistas, militantes, ativistas, associados das organizações envolvidas, autoridades públicas, professores, estudantes e profissionais da Comunicação, através de uma consulta pública com duração de dois meses. Além disso, esta obra é inspirada em manuais de comunicação LGBTI+ de organizações como a SOMOSGAY (Paraguai), a Colômbia Diversa (Colômbia), a GLAAD (Estados Unidos) e a ABGLT (Brasil).

Diversas parcerias foram importantes para a organização e divulgação deste material, entre elas, com a organização paraguaia SOMOSGAY em colaboração com o Fundo Robert Carr, a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindiJor-PR), o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade Federal do Paraná, a Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas, a Associação da Parada do Orgulho GLBT do São Paulo, o Grupo Arco-Íris do Rio de Janeiro, o Instituto Brasileiro de Diversidade Sexual (IBDSEX) e a Comissão Especial de Diversidade Sexual do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Em especial, este manual conta com a parceria do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS), sendo prefaciado pela Diretora do UNAIDS no Brasil, Dra. Georgiana Braga-Orillard.

É uma obra que procura ser sucinta e fornecer informações práticas para consultas rápidas. Não se trata de uma obra acadêmica com aprofundamento nos temas e conceitos, mas sim de uma proposta de ferramenta para o dia a dia de profissionais e estudantes de comunicação. Eventuais sugestões de melhoria, inclusão ou exclusão de texto, bem como críticas, podem ser encaminhadas para o e-mail aliancalgbti@gmail.com para análise pelo Grupo de Trabalho e incorporação nas próximas edições. Lançamentos

As seguintes datas de lançamento já estão confirmadas:

DF, Brasília: 16 de maio de 2018, às 14h.  Senado Federal, Sala da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, Anexo II – Ala Senador Nilo Coelho

PR, Curitiba: 21 de maio de 2018, às 18h30. Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná, Rua José Loureiro, 211, Centro

SP, São Paulo: 22 de maio de 2018, das 18h30 às 21h. Novotel São Paulo Jaraguá, Rua Martins Fontes, 71, Centro

AL, Maceió: 25 de maio de 2018, às 9h. Assembleia Legislativa de Alagoas, Praça Dom Pedro II, s/nº, Centro

Ainda que a agenda de lançamento esteja em andamento, os profissionais da imprensa podem ter acesso ao manual por meio deste link.

Livro Famílias Invisíveis – Coletânea de Contos e Poemas LGBT, projeto CELLOS-MG

0

O Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (CELLOS-MG), organizador da Jornada pela Cidadania LGBT e da Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte, promove no dia 17 de maio, o lançamento do livro Família Invisíveis – Coletânea de Contos e Poemas LGBT.

O evento acontecerá às 18h, no Museu de Imagem e Som (MIS) – Cine Santa Teresa, localizado na Rua Estrela do Sul, 89, Praça Duque de Caxias, no bairro Santa Teresa. A entrada é gratuita.

Essa edição é parte integrante da 4ª Jornada pela Cidadania LGBT, cujo tema “FamíliaS e DireitoS – Nossa Existência é Singular, Nossa Resistência é Plural” faz-se presente na obra. O edital literário convocou a participação de autores em todos os territórios do estado e seus títulos vencedores estarão na produção impressa.

O livro “Famílias Invisíveis – Coletânea de Contos e Poemas LGBT” tem entre seus principais objetivos promover e divulgar a literatura LGBT de Minas Gerais; estimular a produção literária com temática LGBT que discutam a diversidade sexual e de gênero; promover a integração artístico-cultural dessa população, fortalecendo sua identidade e posicionamento político-social. Esses pontos contribuem de maneira bastante efetiva no combate ao preconceito e à intolerância por meio da arte, apresentando ao leitor vivências e laços parentais que, quando observadas com sensibilidade, podem revelar-se muito semelhantes à sua própria realidade.

Essa publicação é um produto cultural resultante do projeto 4ª Jornada pela Cidadania LGBT, beneficiado pelo Fundo Estadual de Cultura, do Governo do Estado de Minas Gerais.

A data de lançamento é bastante simbólica para a comunidade LGBT. Em 17 de maio de 1990, a Assembleia Geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças (CID). Declarou-se, portanto, que “a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”.

Link para evento do Facebook:
https://www.facebook.com/events/1674680379234912/

SERVIÇO:

Lançamento do Livro “Famílias Invisíveis – Coletânea de Contos e Poemas LGBT”
17 de maio de 2018, às 18h00 (5ª feira)
Museu de Imagem e Som (MIS) Cine Santa Teresa
Rua Estrela do Sul, 89, Praça Duque de Caxias, Santa Teresa, BH/MG
Entrada gratuita
Realização: CELLOS-MG, Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais.
Apoios: Fundo Estadual de Cultura, Secretaria de Estado de Cultura, Fundação Municipal de Cultura (PBH), Diretoria Municipal de Políticas para a População LGBT, Crivo Editorial.

#POLÊMICA: A Parada LGBT virou um carnaval fora de época? Assista ao vídeo deles!

0

Antes de mais nada, a #Polêmica foi pra chamar a atenção mesmo! 😉 Afinal o vídeo ficou incrível. Agora, com calma, vamos ao meu texto:

Vivemos em tempos modernos: “menininhos e menininhas” bitolados em assistir stories do Instagram e afins. Tanto que estou começando a gravar alguns no meu insta (instagram.com/fabricioviana.escritor – segue lá). Isso é bacana pois as novas tecnologias proporcionam possibilidades comunicacionais incríveis. Uma delas são as lives (vídeos ao vivos) transmitidos tanto pelo Facebook como pelo Instagram, além de outras ferramentas digitais.

Pensando-se nisso, juntamente com o Gabriel Morais, meu estagiário na APOGLBT SP, decidimos criar uma live com a Cláudia Regina. Cláudia é a primeira mulher e lésbica a presidir a ONG que organiza a maior Parada LGBT do mundo. Eu? Tive o prazer de organizar e mediar esse encontro digital que entrou no ar dia 08/05/2018 das 17h as 18h. E ficou tão incrível que diversos temas foram bem explicados por ela.

INCLUSIVE, no vídeo tem uma resposta dela sobre a crítica muito clichê de que a “Parada LGBT virou um carnaval fora de época!”. Quer escutar uma resposta da presidente sobre? Assista ao vídeo que conseguimos gravar para que todos pudessem ver.

Assista agora mesmo:

E vamos compartilhar. Informação sempre foi uma arma muito importante para combater a ignorância.