Futebol X Homossexualidade: livro-reportagem de Bianca Ninzoli Marques


Fui convidado pelo professor Anderson Gurgel para compor a Banca de avaliação do trabalho de TCC da estudante de jornalismo (Mackenzie) Bianca Ninzoli Marques cujo tema é o livro-reportagem “Todxs em Campo: Um estudo sobre a relação do futebol com a homossexualidade.

A avaliação da banca foi hoje (07/12). E comigo na Banca esteve também o jornalista Alvaro Bufarah. O resultado? Pelo esforço dessa menina com grande talento e a perfeita orientação acadêmica do Anderson (que já foi um dos meus brilhantes professores na minha pós-graduação em Comunicação e Marketing: daí nosso vínculo e a certeza de que ele realizaria um excelente trabalho), ela foi aprovada no curso de jornalismo com a nota máxima de EXCELÊNCIA.

E mais. Ela foi aprovada com indicação à prêmios e também publicação por editoras. Abaixo, minha breve avaliação (também resumida por estar postando no meu blog).

Pontos positivos

– A escolha de um tema ainda tabu/polêmico para muita gente, pois envolve futebol (prática esportiva muito machista e homofóbica) e a homossexualidade (ainda muito pouco discutida, conforme tema do meu primeiro livro O Armário publicado em 2006);

– Ela ter optado pela criação de um livro-reportagem para que sua produção acadêmica alcance um público maior. Algo a mais, no meu ver, pois demonstra não só competência (de uma futura jornalista) mas também sua vontade de fazer algo por um mundo melhor (o que a coloca no Grupo Solução, que cito neste pequeno texto: Por um mundo com mais gente interessante!);

– Qualidade das referências bibliográficas, matérias, personagens e pesquisas: tudo muito excelente. O que resulta em uma perfeita sinergia do trabalho como um todo; 

– Sua análise sobre a profissão de jornalista: seu dever em construir conteúdos humanizados, aprofundados e não lucrativos/polêmicos. Afinal, em todas as áreas, há bons e péssimos profissionais. Vai de cada um;

Sobre o estudo e conclusões?

– Ter demonstrado ser uma excelente escritora ao redigir o livro-reportagem de forma literária. Ela desenvolveu um texto humano, de fácil leitura, que prende a atenção do leitor e o transporta para seu estudo acadêmico sem ser acadêmico. Como escritor (inclusive premiado), também sou bem crítico quanto a isso: e digo, ela tem talento;

Pontos negativos

Como disse durante a avaliação, ela escorregou utilizando dois termos não usuais: homossexualismo (não se usa pois o sufixo ismo da palavra remete a doença, por isso, o termo correto hoje é homossexualidade) e opção sexual (não existe opção sexual, é orientação sexual). Usei o “escorregou” pois foi só um deslize que não compromete em nada o trabalho EXCELENTE que ela desenvolveu. Mesmo porque, sou jornalista e assessor de comunicação da APOGLBT SP, ONG responsável pela maior Parada do Orgulho LGBT do mundo, e vejo muitos jornalistas com currículo e experiências incríveis, trabalhando em grandes veículos, também “escorregando” em alguns termos. Não é fácil pra que não é LGBT ou não trabalha com assuntos da comunidade LGBTI+ com mais frequência. Inclusive, quando fui contratado pela ONG, minha principal função era (e ainda é) alinhar essa comunicação do movimento na qual a ONG está inserida com toda a imprensa mundial focada na Parada LGBT de SP. Em tempo, há um Manual de Comunicação LGBTI com termos mais corretos. Quem se interessar, aqui está o PDF gratuito.      

CONCLUSÃO

Sou chato e bem crítico. Até demais. Entretanto, o trabalho dela está realmente perfeito (principalmente por ser um trabalho de TCC com livro-reportagem). Apenas sugeri de, talvez, incluir o livro Seis Balas Num Buraco Só: A crise do Masculino, do escritor e amigo João Silvério Trevisan, por ele se aprofundar mais nas dinâmicas psíquicas do machismo. 

No final, dei a ela meu livro O Armário e minha coletânea LGBT premiada Orgias Literárias da Tribo. Alias, se não conhece todos os meus livros com temática LGBT, clique aqui

Mais uma vez obrigado ao Anderson pelo convite/oportunidade, tive o prazer de conhecer o Alvaro Bufarah que também avaliou e teceu comentários excelentes sobre o trabalho da Bianca e, novamente, parabéns a Bianca pela escolha do tema e por ter realizado um trabalho excelente. Menina tem muito futuro. Estou orgulhoso (quem não fica diante de produções excelentes?). 






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.